Autor: Helio Felippe

Fechar Ciclos, Fechar Portas, Encerrar Capítulos: O importante é fechá-los e seguir em frente…

É preciso aceitar quando uma etapa da vida termina. Se você insistir em permanecer nela, poderá perder a alegria e o sentido de viver. Chame como quiser: fechar ciclos, fechar portas, encerrar capítulos; o importante é fechá-los e seguir em frente. Não podemos viver o presente pensando no passado e nem ficar o tempo todo nos perguntando: “Porque isso aconteceu comigo”? Não podemos ser crianças ou adolescentes eternamente, nem funcionários de empresas inexistentes ou ter vínculos com pessoas que não gostam de nós. Os problemas acontecem e devemos deixá-los ir! Um dia, de repente, um sentimento de nostalgia lhe invade e...

Leia mais

Namoro uma pessoa que tem depressão

Meu namorado e eu estamos juntos há quase dois anos. Tem sido uma delícia: somos companheiros, curtimos o mesmo tipo de música, nos divertimos muito juntos e ele me respeita sempre. Mas existe uma questão importante no nosso relacionamento: ele tem depressão. Veja bem: eu disse que a questão é importante, e não definidora. Porque nosso relacionamento não se define por isso; é só algo a mais, uma característica dele que me afeta enquanto namorada. Às vezes é mais fácil; outras vezes, parece impossível, mas sempre tem um jeito. Aos poucos, eu tenho aprendido a lidar com isso. E isso é o que...

Leia mais

“A vida depois dos 30”, vista por quem já passou dos 30

Temos a crise dos 18 anos. E depois a dos 25. E a dos 30. Dos 31 anos. Dos 32. Acho que você já entendeu “Por que, Deus, Por quê?”, perguntou o Joey num episódio clássico de Friends, Aquele em que todos fazem 30. Era assim que eu me sentia há quase dois anos, quando o calendário perigosamente se aproximava da data que me transformaria num trintão. Os 30 chegaram e, nem bem eu me arrumei na cadeira, já era hora de comemorar 31, data que já ficou para trás há nove meses. Com os 32 ali na esquina –...

Leia mais

Hora de arrumar o Armário

Chegou o dia de arrumar o guarda-roupa. Pegar todas as roupas velhas e que já não lhe servem mais e dar espaço ao novo. As caixinhas ou baús que sempre guardam lembranças irão deter você por alguns instantes para relembrar. Vai querer chorar e ao mesmo tempo rir. Lembrar os dias considerados felizes por você e por alguém que um dia você chamou de amor.   Se permitir voltar no tempo gera uma sensação de bem estar e por alguns momentos, o tempo para. Você volta e se sente bem. Por alguns instantes a borracha da vida apaga todas...

Leia mais

Qual a diferença entre o Amor romântico e o Amor genuíno (que passamos a vida inteira sem nos dar conta)?

“O apego diz: eu te amo, por isso eu quero que você me faça feliz. E o amor genuíno diz: eu te amo, por isso quero que você seja feliz. Se isso me incluir, ótimo! Se não me incluir, eu só quero a sua felicidade.” “Sabe, o apego é como segurar com bastante força. Mas o amor genuíno é como segurar com muita gentileza, nutrindo, mas deixando que as coisas fluam. Não é ficar preso com força. Porém é muito difícil para as pessoas entenderem isso, porque elas pensam que quanto mais elas se agarram a alguém, mais isso...

Leia mais