Muita gente me pergunta: Qual o motivo das pessoas estarem tão neuróticas?

Penso que uma das origens das neuroses hoje em dia, pelo menos dos brasileiros,  seja justamente a falta de heróis. Não saber em quem acreditar, a quem dar valor e não sentir-se amparado. Os “herois” de hoje em dia são os BBBs, o Luciano Hulk, O Criança Esperança, Ratinho, Eike Batista,  Bruno (goleiro), o bandido da comunidade, etc. Quem não fica neurótico com a demagogia política, com as mentiras dos governos? Em quem confiar hoje em dia? Onde depositar esperanças? Nas igrejas evangélicas onde o pastor enriquece com a pobreza dos fiéis? Os padres que comem criancinhas? Seu médico que só aceita o plano Top, Plus, Chic e você fica sempre não mão quando precisa?

O consultório anda cheio de pessoas inseguras, auto estima baixa, com disfunções sexuais, por conta da ansiedade, do medo, da maledicência, da ignorância, da arrogância e de toda a miséria em que vivem. A indústria farmacêutica descobriu o filão e despeja Rivotril no mercado, não que a indicação desse medicamento seja para isso, no entanto, o desespero faz com que ele seja consumido por conta do boca a boca e da vontade de assistir à vida um pouco mais colorida e para trazer ao dia a dia de cada um, pelo menos um sorriso,  insano que seja.

Enquanto isso, vão curtindo os heróis da fantasia: Harry Potter, o Homem Aranha e, ainda quem sabe, o Indiana Jones. Viva a neurose!

Helio Felippe